Quando ouvimos falar da Alemanha, logo nos vêm à mente inúmeros cartões postais, eventos históricos e também uma sociedade marcada pela modernidade. Mas como será viver a Alemanha na prática?

O país é uma potência mundial e está entre os mais diplomáticos. Mantém relações com cerca de 200 países, integra todas as organizações de cooperação internacional e faz parte do G7 e G20. O objetivo principal desses diálogos é preservar a paz e a segurança, levando também em consideração aspectos econômicos, ecológicos e sociais/ sustentáveis.

Aí está a pista de como é o estilo de vida alemão!

De olho no clima
Consciente dos impactos das mudanças climáticas, a Alemanha é pioneira no uso e no desenvolvimento de fontes de energia alternativas. Além de ter fixado a meta de abandonar a energia nuclear até 2022, pretende reduzir, no mínimo, 80% das emissões de dióxido de carbono até 2050.

Dá pra sentir a qualidade de vida no ar, né? E é isso que o governo quer e acredita! Águas e ar limpos e diversidade da natureza é apontado pela nação como principal forma para conquistar a qualidade de vida. Por isso, sua proteção é meta do Estado desde 1994. Está até fixado em lei.

O resultado dessa política já pode ser comprovado. Em uma pesquisa da empresa norte-americana de consultoria Mercer que avaliou a qualidade de vida em mais de 200 metrópoles, a Alemanha integrou a lista com sete cidades, todas entre as 30 primeiras. E Munique, Düsseldorf e Frankfurt ficaram entre as 10 melhores para se viver no mundo.

Vá de bike!
Sustentabilidade e carro não combinam! Trens, ônibus, metrôs… Os alemães são cada vez mais adeptos do transporte público. Em dez anos, o número de passageiros em Berlim cresceu mais de 20%, sendo registrado, em 2014, mais de 978 milhões de usuários.

Mas uma boa e velha conhecida também vem ganhando espaço. Já existem mais bicicletas do que carros, e, na capital alemã, existem mais de 1000 km de ciclovias, o que aumentou em 40% o número de ciclistas. A era dominada pelos motores está chegando ao fim.

Não aos agrotóxicos!
O mercado orgânico alemão é o principal da Europa e o segundo do mundo. Desde 1970 existem lojas especializadas em produtos da agricultura ecológica, que hoje já chegam a 2500 e representam 5% do setor de alimentos. Em 2015, a Alemanha cresceu 10% nesse mercado e movimentou 8,5 bilhões de euros.

O país leva o assunto tão a sério que além do selo europeu, possui certificação própria desses produtos para garantir que o consumidor leve para casa exatamente aquilo que está comprando.

Sociedade movida à cultura
A Alemanha possui intensa produção cultural que reflete a característica da população: diversidade. Teatro, cinema, música, artes plásticas e literatura, seja qual for o gênero, todos têm grande reconhecimento internacional e vem sendo pautados pela cultura híbrida trazida pelos imigrantes.

Mas o setor cinematográfico ainda é o que domina. São mais de 250 filme produzidos por ano e inúmeros festivais, como Festival Internacional de Cinema de Hof, o Festival do Prêmio Max Ophüls e o Prêmio do Cinema Alemão.

E agora? Como experimentar o estilo de vida alemão como os alemães? Falar a língua é o primeiro passo em direção a esta sociedade e mundo modernos.

Aprenda com quem entende do assunto. Fale alemão com o Goethe Brasília! Nossas aulas experimentais gratuitas desse semestre já estão com data marcada, clique aqui e escolha o melhor dia e horário. Garanta sua presença, as vagas são limitadas!