Hans-Christian Schmid

Hans-Christian Schmid • regie.de

Cartaz do filme “Na floresta, depois das cinco” com Franka Potente

O diretor de cinema escolhido para o mês de julho é Hans-Christian Schmid, que nasceu na Baviera em 1965, frequentou a Escola Superior de Televisão e Cinema de Munique e iniciou sua carreira com a intenção de produzir filmes documentários. Porém, pouco tempo depois de formado mudou seu foco, passando a produzir filmes com uma temática mais leve, falando sobre juventude, sonhos e liberdade.

Sua primeira produção cinematográfica foi Nach fünf im Urwald (Na Floresta, depois das Cinco), que se tornou um sucesso. A jovem atriz Franka Potente virou uma estrela na interpretação de uma menina do interior que queria se tornar uma pop star em Munique. Em 1998, Schmid dirigiu o filme 23 que traz a história de um hacker com crise de identidade e mania de perseguição. Nesta obra, o diretor retrata os anos 80, quando surgiram os primeiros hackers da história[1].

Nina Monka em “A Filha do Inverno” • br.de

Schmid tem uma preferência pela narrativa e toma cuidado com o uso de efeitos especiais. Outra característica do trabalho do diretor é que ele não encerra o roteiro de um filme sem discutir com seus atores. Ele faz questão de ouvir as impressões de cada um dos personagens para montar o roteiro final do filme, sempre considerando as impressões retratadas.

Procuro ter cuidado para não abusar, porque não gosto quando os efeitos especiais se tornam mais importantes do que a própria cena e realmente acho um exagero quando não há um motivo concreto para que eles sejam utilizados.

Imagem do cartaz de “Crazy” • pinterst.com

No filme Requiém, produzido em 2006, ele retrata a vida de uma jovem que sofre de epilepsia e alucinações e pensa estar possuída[2]. Esta obra é baseada em uma história real que aconteceu na Alemanha há 30 anos atrás. Um tema perturbador que fala do exorcismo executado na igreja católica. Este filme foi apresentado ao público na edição da Berlinale de 2006 e foi recebido com grande entusiasmo pelo público. A atriz Sandra Hüller recebeu o Urso de Prata no Festival de Cinema de Berlim e recebeu o prêmio de atriz revelação no Bayerischer Filmpreis pela sua grande atuação.

DICAS FILMES

  • Was bleibt (O que permanece), 2012
  • Wintertochter (A Filha do Inverno), 2012
  • Nach fünf im Urwald (Na Floresta, depois das Cinco), 2010
  • Sturm (Tempestade), 2010
  • Lichter (Luzes), 2003
  • Crazy, 2000
  • 23, 1998

Todos estes filmes você encontra em nossa filmoteca. Faça-nos uma visita e conheça nossa coleção!
Abraços! ☺
Aninha, Bibliotecária Goethe-Zentrum Brasília

Ana Márcia-Bilbiotecária

Fontes consultadas:
[1]DW
[2]DW-2