Dificilmente se encontra uma festa na Alemanha que é celebrada de tantas maneiras diferentes como o carnaval. Enquanto que em algumas regiões foliões fantasiados de bobo-da-corte pulam Carnaval pelas ruas lotadas, em outras partes da Alemanha se celebra o Carnaval no máximo em escolas e jardins de infância. Carnaval – também chamado de Fastnacht ou Fasching – é comemorado principalmente na região da Renânia, de Nordrhein-Westfalen (Renânia do Norte-Vestfália) até Rheinland-Pfalz  (Renânia-Palatinado), e em regiões de predominância católica no sul da Alemanha.

Várias tradições carnavalescas se manifestam em diferentes regiões da Alemanha. Porém elas se diferenciam principalmente entre o Fastnacht suábio-alemânico, que ainda está fortemente ligado às tradições medievais, e o pomposo e alegre Carnaval renano. A fronteira cultural entre o Fastnacht e o Carnaval renano é mais ou menos na linha do rio Meno (Main). Enquanto que os foliões do sul usam máscaras de madeira bizarras e vagam pelas ruas fantasiados de figuras ancestrais como bruxas, no Carnaval da Renânia as foliãs usam as tradicionais fantasias de Tanzmariechen, eBuettenredner  zombam da política. As cidades de maior folia do Carnaval na Renânia são Mainz, Colônia, Dusseldorf e Bonn.

O Fastnacht suábio-alemânico e o Carnaval renano receberam em dezembro de 2014 o título de  Patrimônio Cultural Imaterial da UNESCO.

foto_fantasia1Tanzmariechen ou Funkenmariechen (algo parecido com a baliza de banda militar) é uma fantasia tradicional do Carnaval da Alemanha que pode aparecer individualmente, com um parceiro de coreografia (Tanzoffizier) ou em blocos, e dançam marchinhas tradicionais ou a polca.

Fantasiado de bobo da corte ou de outra fantasia qualquer, o Buettenredner, tradicional figura em bailes de Carnaval na Alemanha, faz “discursos” irônicos e rimados em dialeto local por detrás de um púlpito especial (geralmente sob a forma de um barril), e muitas vezes debocha da situação política.

Todos os anos, o Carnaval começa na Alemanha no dia 11/11 às 11h 11min com o grito de Carnaval. Porém a folia só começa na Primavera do ano seguinte, na semana antes da Quaresma. A partir da “quinta-feira suja” até a quarta-feira de Cinzas, o Carnaval é celebrado de forma divertida e colorida como o confete que se espalha pelas ruas. Os destaques são os grandes desfiles de rua que acontecem na segunda-feira em diferentes cidades e são acompanhados por milhares de foliões fantasiados.