Herta Müller

A escritora homenageada no mês de agosto de 2017 é Herta Müller[1], nascida na Romênia em 17 de agosto de 1953, naturalizada alemã, vive em Berlim desde 1987. Herta é ganhadora de diversos prêmios literários, dentre eles o Prêmio Nobel de Literatura de 2009.

Herta Müller tem uma escrita muito própria. Seus contos sempre transmitem sua experiência de vida, relatando as duríssimas condições de vida na Romênia sob o regime político comunista de Nicolae Ceauşescu. Opressão e autoritarismo são temas recorrentes em suas obras.

Em sua obra “O compromisso”[2], traduzida pela escritora Lya Luft, Herta relata em primeira pessoa a angústia de sua personagem: uma operária da indústria têxtil que passa a ter sua vida monitorada pela polícia secreta romena depois que bilhetes com a frase “case comigo” são encontrados em ternos masculinos que ela costurava para clientes italianos. A suspeita de se tratar de um plano de fuga do país transforma a vida da pacata e disciplinada funcionária em um verdadeiro inferno, devido à perseguição e monitoramento. Esta obra recebeu o European Literature Prize e foi a primeira obra da autora a ser traduzida no Brasil.

Dicas de leitura

  • Sempre a mesma neve e sempre o mesmo Tio [Immer Derselbe Schnee und Immer Derselbe Onkel], 2012.
    Tradução: Claudia Abeling.
  • Depressões: Contos [Niederungen], 2010. Tradução Ingrid Ani Assmann.
  • Herztier. Roman, 2 ed., 2009
  • Der Mensch ist ein großer Fasan auf der Welt: Eine Erzählung 2 ed., 2009.
  • Der Fuchs war Damals schon der Jäger. Roman, 2 ed., 2009.
  • Atemschaukel. Roman, 2009
  • Der König verneigt sich und tötet, 2 ed., 2009.
  • Die Blassen Herren mit den Mokkatassen, 2005.
  • O compromisso. [Heute wär ich mir lieber nicht begegnet], 2004. Tradução de Lya Luft.
  • Heimat ist das was gesprochen wird, 2001

Quer conhecer mais sobre suas obras? Faça-nos uma visita e conheça nossa coleção!

Abraços! 😋

Aninha
Bibliotecária Goethe-Zentrum Brasília

 

Fontes consultadas:
[1] https://pt.wikipedia.org/wiki/Herta_M%C3%BCller
[2] http://www.goethe.de/ins/br/lp/prj/dgb/gwl/bel/mue/ptindex.htm